Mario De Grassi

Era conhecido pela torcida romanista como "Tanque de guerra". Suas maiores qualidades eram coração e inteligência. Meio campista, iniciou nos rastros de Bernardini e acabou com o scudetto estampado no peito na conquista do primeiro título italiano da Roma em 1941/42. Mesmo se era a terceira vez que sentia aquele gostinho, já que outros dois havia conquistado com o ex-clube.

Formado no Bologna, Aldo chega a capital por empréstimo no verão de 1937. A princípio seria utilizado como um turn-over, porém provou a diretoria romanista que poderia ser titular e com isto a compra do passe em definitivo. Era um meia generoso, atuava mais pelo lado esquerdo onde era capaz de percorrer aquela faixa do campo durante toda a partida sem mostrar sinais de cansaço ou exaustão.

Foi campeão com a Itália na Copa do Mundo da França de 1938 sob o comando de Vittorio Pozzo, mas como o comandante azzurro era um pouco resistente a jogadores da Roma, Aldo somente pode esquentar banco não entrando em campo em nenhuma partida da campanha italiana.

Sua maior dificuldade, por incrível que pareça derivava do físico poderoso, pois devido a massa se tornava um pouco lento, o que as vezes o obrigava a parar a jogadores mais velozes e ágeis com falta.

"Que esplêndida partida fez Donati!"

Um dos capitães mais corajosos da Roma, era um atleta "atento e incansável". Quando estava nos seus dias, carregava o time nas costas com passes milimétricos. Era grande mesmo quando as coisas não iam bem. Do semanal "Tempo illustrato", no ano do título italiano, as notas depois da derrota contra o Genoa; Donati: um gladiador, 7.

"Donati, classe e coração pra dar e vender"

Na temporada do título italiano seu rendimento é excepcional, juntamente com Mornese e Bonomi forma um dique no meio de campo que facilita explicitamente o trabalho dos laterais e do goleiro. Sandro Ciotti, comentarista famoso de futebol na época comentou depois de uma partida:

"O mediano que não amolece"

Na última fase da sua carreira, coloca em prática também um ótimo chute de longa distância, que se torna muito util ao time quando não consegue achar alternativas para penetrar na defesa adversária. Jogou seis temporadas pela Roma e no pós guerra se transferiu para a Ambrosiana (Inter), porém a idade já pesava e acabou disputando apenas dois jogos pelo time de Milão antes de pendurar as chuteiras por definitivo.

Embora tenha conquistado mais títulos com o Bologna, o carinho pesou mais pelas cores romanistas, tanto que depois de Milão se transferiu para a capital e não saiu mais.

Pela Copa Itália disputou treze partidas e marcou dois gols com a camisa giallorossa.

@zamacwb

37   presenças
2   gols
 

DE GRASSI

B I O S
  • Mario De Grassi


    Nascimento: 21/01/1919
    Cidade : Livorno

    Função: Volante/ meia

    Estréia : 28/11/1937
    Roma 2-1 Juventus

    Temporadas Pres Gols
    1937/38 2 -
    1938/39 11 -
    1939/40 7 -
    1940/41 14 1
    1941/42 1 -
    1942/43 2 1
    Total 37 2

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM