Giacomo Valentini

Fez sua primeira partida como profissional vestindo a camisa do Montepaschi Roma, aos vinte e três anos, pelo campeonato de futebol amador da capital em 1934.

A Roma do técnico Luigi Barbesino tinha sérios problemas na época com as fugas dos três argentinos de volta para o país de origem; Guaita, Scopelli e Stagnaro, em função de acreditarem que com a guerra em curso na Etiópia, por terem cidadania italiana seriam convocados. Desta forma para sanar o grande buraco deixado com a ausência dos três sul-americanos, a diretoria resolve as pressas sair em busca de alternativas para compor o time e Valentini então passa a vestir a camisa romanista no verão de 1935.

O jornal Il Littoriale dá uma grande contribuição para a vinda do meio campista também ao afirmar que o jovem havia deixado uma boa impressão em suas apresentações pela cidade e que poderia ter um grande futuro se bem explorado.

No entanto é evidente que os jovens recém chegados não poderiam suprir a qualidade dos talentosos argentinos e com isso Barbesino se sentia acuado ao partir para o conveniente ato de não queimar os jogadores diante da torcida romanista impaciente e revoltada com a situação do time, em que um ano antes se criava a expectativa de finalmente conceber o primeiro titulo italiano.

O jeito era Valentini se conformar com o campeonato dos reservas, que corria paralelamente à Série A. Há de se acrescentar também que os titulares escolhidos por Barbesino, não obstante as pesadas ausências dos argentinos, vinha fazendo um bom campeonato o que afastava as esperanças de Ugo com relação ao seu futuro no time.

Mesmo assim tem uma oportunidade de ouro ao estrear no derby no dia 13 de outubro de 1935. A Roma vence o clássico por 1 a 0 sobre a Lazio no campo adversário e Ugo Valentini dá sua contribuição no momento glorioso giallorosso. Tanto que teria outras cinco participações no campeonato e marcaria seu único gol pela Série A.

Na temporada seguinte tem um pouco mais de aparições do que a anterior, vai a campo nove vezes, mas o time de Barbesino entra em declínio profundo e com a crise, adicionados a queda do comando técnico, Valentini é cedido em 1936 ao Aquila para disputar a Série B.

No time do Abruzzo, terra de Italo Foschi, o jovem romano tem mais espaço e coleciona 25 partidas com 5 gols. No verão seguinte decide voltar para a capital e joga pela Série C com o Mater até encerrar sua carreira em 1939.

@zamacwb

15   presenças
1   gols
 

VALENTINI

B I O S
  • Giacomo Valentini


    Nascimento: 16/11/1911
    Cidade : Roma

    Função: Meia/Atacante

    Estréia : 13/10/35
    Lazio 0-1 Roma

    Temporada  Pres Gols
    1935/36 6 1
    1936/37 9 0
    Total 15 1


    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM