Renato Pastori

Renato cresceu futebolisticamente vestindo inicialmente a camisa da Alba Motor, equipe verdibianca que deu origem em 1927 a própria Roma com a fusão de Roman e Fortitudo Pro Roma, e que mais tarde foi refundada na expectava de se tornar a terceira força da cidade, mas que na realidade não passava das divisões inferiores do país.

Na temporada 1939/40 passa ao time de Brindisi, equipe pequena que leva o mesmo nome da cidade da Puglia que também militava a Série C italiana. No ano seguinte acerta com o Lecce e veste por duas temporadas a camisa giallorossa da equipe pugliana.

Em 1942 ruma para o nordeste italiano e com o Padova acumula seis presenças antes de retornar no ano seguinte para a capital em função da segunda guerra mundial e consequentemente a paralisação do campeonato italiano a nível nacional.

De 1943 até o final do conflito bélico em 1945, em função até mesmo de estar em Roma acaba acertando com o time giallorosso da capital e disputando os dois campeonatos romanos, se tornando inclusive campeão com a Roma na segunda edição.

Pastori não era tecnicamente dotado, incialmente se usurpou da titularidade que era da Brunella, justo porque o lateral campeão italiano com a Roma em 1942 teve que voltar para casa em virtude da guerra, ato que a maioria dos jogadores que eram oriundos de fora da capital teve que fazer. E com isto Renato tem uma chance de ouro para vestir a camisa do time campeão da sua cidade e realizar o sonho que muitos romanos tinham, mas que infelizmente lhes faltavam talento suficiente para enfrentar a realidade do futebol de primeira divisão da Itália.

Com o retorno do campeonato italiano após o fim da guerra Pastori deixa a Roma e acerta com o Bologna para disputar o torneio Alta Itália de 1945/46 acumulando oito jogos com os bolonheses. Na temporada seguinte aproveita a chance de ouro de permanecer na elite do italiano com a Salernitana colecionando 32 jogos e em seguida com a Pro Patria com 22 participações e seu unico gol na primeira divisão italiana de que se tem noticia.

Na temporada 1950/51, acerta com o Empoli e com os azzurri disputa quinze jogos antes de pendurar definitivamente as chuteiras no final do certame.

@zamacwb

 

PASTORI

B I O S
  • Renato Pastori


    Nascimento: 21/02/1918
    Cidade : Roma

    Função:Lateral Direito



    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM