Balilla Lombardi

Criado nas divisões de base da Roma, Balilla era um atacante de futuro, com um pouco de falta de sorte de figurar na mesma equipe que tinha os argentinos Guaita e Scopelli, entretanto roubou algumas cenas.

Com Trombetta fazia uma boa dupla de ataque no time B pelo campeonato dos reservas, além de ser um exímio cobrador de penaltis.

Estreou na vitória de 3 a 1 sobre o Livorno fora de casa e naquela ocasião mostrou ter estilo sobretudo nas construções de jogo e geometria de jogo.

Os três anos que ficou na Roma porém não foram suficientes para bater seus concorrentes de alto nível.

A solução então foi seguir a estrada longe da capital e no verão de 1935 Lombardi foi cedido ao Pistoiese, onde lá conseguira ter mais espaço e continuidade na carreira (30 jogos e 8 gols pela Série B). Tanto que o Bari acabou se interessando também e um ano depois estava na Série A italiana novamente.

No entanto mais uma vez o impacto com o grande futebol da primeira divisão da Itália o coloca em dificuldade: apenas três partidas como titular com os galinhos e com isso volta para a Série B na temporada seguinte desta vez com o Palermo

Em trinta e dois jogos com o time siciliano rosanero faz 12 gols e o Venezia então se interessa pelo romano pescando-o para jogar no time veneto na temporada 1938/39. Dá uma contribuição de grande peso para o time se promover a Série A com vinte e sete presenças e cinco gols.

Lombardi não é um fora de série, mas um meia sólido e capa de fornecer um discreto rendimento em um futebol de uma certa forma difícil como o da segunda divisão, onde tem uma abundância grande de jogadores de um bom nível que, como ele, não conseguiram se destacar na Série A.

Depois da experiencia com o Venezia volta para a Série B com o Anconitana (11 jogos e 1 gol), antes de voltar para Roma onde dará uma boa contribuição no trabalho que Fulvio Bernardini vinha fazendo como técnico diante do Mater com mais de cinquenta jogos na bagagem.

Em 1946 volta para o Palermo, disputa mais 20 partidas e opta por encerrar a carreira em 1949 já vestindo a camisa do Grossetto (23 presenças e um gol).

Balilla faleceu em Roma com setenta e nove anos no dia 3 de março de 1987.

@zamacwb

9   presenças
 

LOMBARDI

B I O S
  • Ballila Lombardi


    Nascimento: 01/04/1916
    Cidade : Roma

    Função: Meia/Atacante

    Estréia : 01/04/1934
    Livorno 1-3 Roma

    Temporada Pres. Gols
    1933/34 4 -
    1934/35 5 -
    Total 9 0

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM