Vittorio Cristini

Iniciou sua carreira nas divisões de base da Associazione Sportiva Dilettantistica Ginnastica e Calcio Sora, equipe que leva o mesmo nome da sua cidade natal. Em 1946, Aos dezoito anos de idade ingressa no time principal militando incialmente na terceira divisão italiana, onde defendeu o time “bianconero” por dois anos.

No verão de 1948 a diretoria romanista decide apostar na jovem revelação que se criara ao redor da capital, mesmo porque o clube atravessava por momentos difíceis tanto financeiramente como internamente em sua diretoria o que fatalmente refletira depois no time. Muito em função dos problemas gerados pela segunda guerra mundial e consequentemente a lenta reestruturação da cidade, assim fora os moldes daqueles fim dos anos quarenta, com a recessão batendo forte a porta e a sociedade em busca de alternativas mais condizentes ao seu bolso.

E Vittorio não foge do estilo de jogador da linha que a Roma procurava. Não era certamente um fenômeno, mas de desenvolveu bem ao redor da capital e com isto teve uma chance em estrear na tao sonhada primeira divisão italiana. Sua principal virtude era a velocidade acompanhada de um arremate forte e preciso o que lhe rendeu a titularidade já na primeira partida pelo campeonato italiano onde a Roma venceu fora de casa o Bologna por 2 a 1.

Embora sua estréia tenha sido ao lado de Pesaola, Cristini era um ala esquerdo por natureza, ou seja deveria jogar na posição do argentino, e desta forma a improvisação do técnico Luigi Brunella não surtiria muito efeito, ficando o jovem talento da cidadezinha de Sora uma eterna sombra de Bruno como opção no banco de reservas. Tanto que era lembrado como "O Pesaola de Sora"pois tinha o mesmo físico do atacante sulamericano com um pouco menos de habilidade obviamente.

Com pouco espaço no time o atacante volta para sua terra natal, Sora, afim de dedicar-se toda uma vida em prol do esporte e do clube da cidade. Tanto que continuou trabalhando até mesmo depois de ter encerrado sua carreira de jogador na direção do clube, apoiado e sustentado de perto pela sua esposa Marina Simoncelli. Este amor e carinho lhe rendeu também o nome de uma ponte principal além do Roma Club de Sora.

Vittorio Cristini infelizmente morreu muito cedo. Nos deixou com apenas quarenta e seis anos de idade e tanta vontade ainda de vibrar em campo como esportista e como adepto ao meio. Foi sepultado em sua cidade, Sora, no dia vinte e nove de setembro de 1974.

@zamacwb

5   presenças
1   gols
 

CRISTINI

B I O S
  • Vittorio Cristini


    Nascimento: 24/05/1928
    Cidade : Sora

    Função: Atacante

    Estréia : 19/09/1948
    Bologna 1-2 Roma

    Temporada  Pres Gols
    1948/49 5 1
    Total 5 1


    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM