Elvio Banchero

Tido como um dos melhores meias dos anos vinte, Elvio também poderia fazer o ofício de centro-avante, e fez muito gol principalmente nas temporadas que englobavam 1928-1930, pelo Alessandria, time que o lançou e Genoa, antes de vir para a capital na temporada 1932/33.

Suas melhores armas são o bom posicionamento e a grande capacidade balística que possuía nos pés. Características que fazem ele ser convocado para a seleção italiana. Performance pelo qual chama atenção da diretoria Giallorossa, que decide trazê-lo para dar suporte a Scopelli e Augusto Fasanelli no ataque.

Sua aventura na capital não surte o mesmo efeito do passado e com a Roma produz muito pouco inexplicavelmente, marcando apenas 3 gols em vinte aparições com a camisa romanista o que decepciona muito o torcedor giallorosso e o tira dos planos futuros no clube.

Em 1934 é cedido ao Bari onde fica por mais duas temporadas com a mesma performance irregular. Retorna então a sua terra natal para voltar a vestir a camisa do Alessandria na esperança de recuperar seu Gap nos anos de glória, mas tudo em vão pois produz muito pouco.

Se transfere para o Parma em 1937, para disputar a Série C onde em onze partidas faz dois gols encerrando definitivamente sua carreira de jogador para iniciar a de treinador. Alessandria, o próprio Parma e o Dethona são os times que Elvio comanda antes de encerrar com futebol em 1955.

Foi medalha de bronze com a Azzurra em 1928 nos jogos olímpicos de Amsterdan. Faleceu aos 77 anos, no dia primeiro de janeiro de 1982, na sua cidade de origem, Alessandria.

@zamacwb

20   presenças
3   gols
 

BANCHERO

B I O S
  • Elvio Banchero


    Nascimento: 28/04/1904
    Cidade : Alessandria

    Função: Meia/Atacante

    Estréia : 18/09/1932
    Roma 2-0 Casale

    Temporadas Pres Gols
    1932/33 12 2
    1933/34 8 1
    Total 20 3

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM