Alberto Eliani

Inicia sua carreira nos juvenis do Circolo Esportivo Ponziana 1912, clube que militava na época a terceira divisão italiana. Em 1939, aos dezessete anos de idade estréia como profissional na equipe principal. Disputa 23 partidas e converte 4 gols nas três temporadas com a camisa celeste até 1942 quando é pescado pelo Modena para disputar a Série B.

Apesar de poucas as participações com a camisa gialloblu (16) converte nove gols. Na temporada 1943/44 tem um parêntese com o futebol iugoslavo jogando pelo MNK Izola acumulando 14 jogos e seis gols.

Em 1945 sela acordo com a Fiorentina onde tem uma das suas melhores performances colecionando 146 presenças e quatro gols nos cinco anos que vestiu a camisa viola antes de se transferir para a capital em 1950.

Lateral muito dotado tecnicamente, consegue marcar o adversário antecipando a jogada sem dizer que é muito bom também em proteger e manter a posse de bola, graças também a experiência acumulada naturalmente reverenciada. A Roma em uma desesperada busca de jogadores capazes de elevar o nível técnico de uma equipe abalada o contrata na terrível temporada do rebaixamento a Serie B. Eliani entretanto não perde o animo e nos anos seguintes consegue dar sua discreta contribuição para o renascimento giallorosso, elevando inclusive o moral do time nos vestiários.

“Dominou sua zona com muita prudência e segurança, não errando uma única reposição de bola, um passe sequer”

Um mastim em campo como jogador acima da média, não era de se estranhar que mais tarde colocaria a faixa de capitão da Roma.

Depois de seis temporadas das quais soube cativar e conquistar o carisma da torcida giallorossa reconhece que a idade começa a pesar no rendimento e no verão de 1956 decide se transferir para o SSD Colleferro para disputar a Série C.

Neste percurso tem espaço também para começar a desenvolver outra atividade que o acompanharia até 1973: a de técnico de futebol.

Além do Colleferro (1956/57) treinou também a Sambenedettese por quatro vezes: 1958 até 1960; 1962; 1965/66 e 1967 até 1969. Brescia (1960/61), Udinese (1962-1964), Casertana (1966/67), Del Duca Ascoli (1969/70), Chieti (1970/71, Massese (1971/72) e finalmente o Trapani na temporada 1972/73.

Alberto Eliani morre aos oitenta e sete anos de idade no dia 8 de janeiro de 2009 na cidade de San Benedetto del Tronto.

@zzzamaaa

 

ELIANI

B I O S
  • Alberto Eliani


    Nascimento: 14/01/1922
    Cidade : Trieste

    Função: Lateral

    Estréia : 10/12/1950
    Lucchese 1-0 Roma

    Temporada Pres Gols
    1950/51 21 -
    1951/52 13 -
    1952/53 16 -
    1953/54 13 -
    1954/55 26 -
    1955/56 14 -
    Total 103 0

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM