Luigi Di Pasquale

Luigi inicia sua carreira no clube de sua cidade natal, Udinese, e aos dezessete anos, depois de ter passado pele divisão de bases, estréia no time principal pela Série C italiana em 1936. No clube friulano fica até 1930 acumulando no seu histórico 46 presenças.

Depois de se destacar em Udine a Roma se interessa pelo seu passe e no verão de 1938 decide trazê-lo para capital afim de reforçar as opções de turn-over do técnico Guido Ara.

"Giggetto", como ficou conhecido pela torcida romanista, possuía técnica refinada com um senso geométrico incomum, grande visão de jogo e uma raça interminável quando se tratava de ajudar seus companheiros na linha defensiva. Não era difícil de ve-lo chamar para si a responsabilidade da jogada e na sua primeira temporada como giallorosso tem sete aparições e um gol provando que pode ser útil futuramente no elenco.

Porém sua posição na época sofria grande oferta e a sociedade para não perde-lo e também visando sua manutenção técnica decidiu empresta-lo ao Padova onde teria mais espaço e com isso mais horas jogadas conquistando experiência e continuidade. Com o time veneto vai a campo 24 vezes e marca sete gols.

"precioso e incansável sempre pronto a socorrer a defesa"

Di Pasquale já como o olho no futuro também se interessava no seu lado acadêmico e durante sua carreira de jogador se dedicou aos estudos se formando em economia e comércio.

Com o bom desempenho apresentado em seu "exílio" o novo técnico Alfred Schaffer decide recompor o meio campista ao elenco principal no verão de 1941 e de cara seus dois gols iniciais reforçam sua permanência no time. Seu empecilho maior em busca da titularidade foi ter pelo caminho Coscia e Cappellini que realmente vinham voando baixo naquela temporada. Mesmo assim dá sua contribuição importante para a Roma conquistar seu primeiro título italiano da história naquela temporada 1941/42.

A falta de espaço e a saída de Schaffer logo depois daquela mágica temporada do título esfria um pouco os ânimos de Luigi que pouco aparece em campo. A chegada da segunda guerra mundial também é um fator que atrapalha bastante e desta forma acaba voltando para a Udinese em 1943.

Depois do final do conflito bélico mundial, tenta mais uma vez sua sorte com a Roma e na temporada 1945/46 vai a campo seis vezes entre o elenco principal e o time B que disputava o campeonato dos reservas, marcando um gol. Porém é pouco para um time ambicioso como a Roma, e já com seus vinte e seis anos, os estímulos não são mais os mesmos para uma competição como a primeira divisão italiana e desta forma na temporada seguinte acaba indo para o Cesena, onde tem mais espaço e continuidade. Com o time bianconero, pela Série C onde as exigências são outras, coleciona 61 participações e 14 gols nas duas temporadas que serve o clube antes de pendurar as chuteiras.

@zamacwb

23   presenças
4   gols
 

DI PASQUALE

B I O S
  • Luigi Di Pasquale


    Nascimento: 12/06/1919
    Cidade : Udine

    Função: Meia

    Estréia : 02/10/1938
    Roma 1-0 Juventus

    Temporada Pres Gols
    1938/39 7 1
    1941/42 8 2
    1942/43 2 -
    1945/46 6 1
    Total 23 4

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM