Goffredo Stabellini

Começou nas divisões de base da Associazione Sportiva Dilettantistica Bondenese Calcio, time da cidade emiliana de Bondone na Província de Ferrara. Aos vinte anos estréia no time principal e depois do vice campeonato com os celestes pela Série C logo atrás do Carpi, ganha notoriedade e interesse por parte da diretoria romanista que decide trazer o atacante para a capital no verão de 1946.

Não era por certo um fenômeno, e isto será demonstrado em sua longa carreira com o passar do tempo, sendo a Roma sua única equipe de peso em seu histórico de jogador. Para sua falta de sorte ele não era o único naquele debilitado time giallorosso de 1946/47, o que fizesse pagar caro sua estréia na primeira divisão italiana, mesmo se com vitória diante da Sampdoria por 3 a 1 no dia 22 de setembro de 1946.

Porém para os cofres romanistas Goffredo era um dos tantos jogadores meia boca que o clube poderia se dar o luxo de contratar que apontava exclusivamente para atletas em fim de carreira ou ameaças discretíssimas de alguma esperança de lampejo, como o atacante emiliano.

Joga evidentemente pouco, apenas quatro partidas suficientes para mostrar ao técnico Giovanni Degni que não possui talento suficiente para adquirir titularidade no elenco principal e com tudo no final da temporada a diretoria decide emprestá-lo ao Parma, para disputar a segunda divisão italiana.

Com os “Ducali” “gialloblu” ganha espaço e continuidade acumulando vinte e oito jogos e com isto marcando sete gols, porém não o suficiente para atrair a diretoria do Parma a resgatar seu passe.

No verão de 1948 a Roma acerta sua venda com o Lecce, e com os salentinos disputando a Série C encontra o gap natural para desenvolver seus dotes já que o limitado futebol da terceira divisão italiana da época foi o seu caminho natural no inicio da carreira. Oitenta e duas partidas e vinte e quatro gols com o time “giallorosso” da Puglia de 1948 até 1954 onde acerta com o Taranto Football Club 1927.

Depois de outro longo relacionamento com os tarantinos no extremo sul da bota que durou até 1958 com 112 presenças e 4 gols encerra sua carreira em 1960 na Società Sportiva Dilettantistica Vis Pesaro 1898, equipe de Marche que leva o mesmo nome da cidade, onde iniciara em 1958/59 pela quarta divisão italiana e que ajudara a se promover a Série C na temporada seguinte.

Goffredo Stabellini morreu em Parma, aos oitenta e sete anos de idade no dia vinte e três de novembro de 2012

@zamacwb

4   presenças
 

STABELLINI

B I O S
  • Goffredo Stabellini


    Nascimento: 08/07/1925
    Cidade : Formignana

    Função: Atacante

    Estréia : 22/09/1946
    Roma 3-1 Sampdoria

    Temporadas Pres Gols
    1946/47 4 -
    Total 4 0

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM