Sandro Puppo

Embora tenha nascido em Piacenza, Sandro teve seu primeiro contato com o futebol na China, ainda criança ao acompanhar o trabalho artístico do pai que era violinista. Quando retornou a sua cidade natal em 1934 se apresentou ao técnico Carlo Coma com então apenas dezesseis anos, e este já o emprega no time principal posicionando inicialmente como meia de ligação para mais tarde reposicioná-lo como zagueiro central, função que se encaixaria melhor com sua natureza, para disputar a Série C. Até 1937 disputa setenta e três partidas e marca sete gols com os “Papaveri” “biancorossi” o que lhe confere uma convocação junto a seleção italiana para olimpíada de Berlin de 1936 e consequentemente a medalha de ouro.

No verão de 1937 acerta com a Ambrosiana Inter com a qual conquista “como figurante” o campeonato italiano daquela temporada, sem porém nunca ter saído do banco já que era reserva do talentoso Renato Olmi. Estréia em campo com a camisa “nerazzurra” apenas em janeiro de 1938, pela Copa Itália (competição que desta vez ajudaria a conquistar) na partida fora de casa contra o Napoli e pela Série A daquele ano acumularia somente 8 presenças em campo. Na temporada 1939/40 é cedido para o Venezia onde tem mais continuidade jogando as costas da dupla de ouro daquela época, Loik-Mazzola colecionando 118 jogos e cinco gols e uma Copa Itália com os “Leoni Aladi” da laguna.

Depois da segunda guerra mundial retorna para seu time de origem, o Piacenza, a título de empréstimo e se alterna entre jogador e treinador da equipe deixando a equipe aos cuidados do ex-romanista Renato Bodini em função de um acordo selado com a Roma, retornando a primeira divisão italiana no verão de 1946.

Sua contratação se deve também em função da chegada para comandar o time “giallorosso” do húngaro Imre Senkey que tinha como meta afastar de vez o arcaico “Metodo” e colocar em prática o moderno “Sistema” e Puppo seria importante já que estava habituado com o novo módulo

O forte emiliano piacentino não ilude as expectativas, mas depois de quatorze jogos disputados em alto nível sofre uma grave lesão em um jogo contra o Bologna, fraturando a tíbia, que o deixa fora do coração defensivo giallorosso para desespero de Senkey. É um drama que a Roma sentiria profundamente já que não tinha um jogador a altura para substituir em meio a um time que já sofria visivelmente com a qualidade técnica.

No curso da temporada seguinte volta a campo, mas o trauma sofrido e todo o tempo que levou para se recuperar o limitam de maneira evidente acrescentado a sua condição física, não vê outro caminho a não ser se obrigar no final a pendurar definitivamente as chuteiras.

Voltaria a campo em 1949, desta vez não mais como jogador obviamente, mas sim com o objetivo de dar continuidade a carreira de treinador iniciada já em 1945, antes de vir para a Roma frente ao Piacenza. Retoma a vida de treinador com os venezianos da Associazione Calcio Thiene em 1949 para na temporada seguinte assumir o ex-clube Venezia. Em 1952 assume o comando técnico da Unione Sportiva Rovereto, antes de iniciar sua aventura na Turquia frente a seleção nacional. Depois continua em 1953 com o Beşiktaş Jimnastik Kulübü antes de fechar com o Futbol Club Barcelona em 1954 e com a Juventus Football Club em 1955, onde ficaria até 1957, seus maiores marcos nesta nova aventura.

Sandro voltaria a ter destaque na Turquia primeiro com o Beşiktaş Jimnastik Kulübü em 1960/61 e depois novamente frente ao selecionado nacional no ano seguinte. Retorna para a Itália em 1962 e treina o Siracusa antes de mais uma vez assumir o comando técnico outra vez do Venezia Football Club em 1963. Tem uma veloz passagem pela Società Sportiva Dilettantistica Unione Sportiva Triestina Calcio 1918 para mais uma vez voltar a seleção turca em 1964. Encerra sua carreira comandando o time que o lançou tanto como jogador e também por assim dizer como técnico, o Piacenza Calcio 1919 em 1967.

Sandro Puppo morreu na sua cidade natal, Piacenza, aos sessenta e oito anos de idade no dia dezoito de outubro de 1986.

@zamacwb

15   presenças
 

PUPPO

B I O S
  • Sandro Puppo


    Nascimento: 28/01/1918
    Cidade : Piacenza

    Função: Zagueiro central

    Estréia : 14/09/1947
    Fiorentina 1-0 Roma

    Temporadas Pres Gols
    1947/48 14 -
    1948/49 1 -
    Total 15 0

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM