Fernando Eusebio

Ala ambidestro brilhante e inteligente. Teve apenas a falta de sorte de disputar a posição com jogadores do naipe de CCostantino, Chini, Guaita e Volk que dificultaram sua vida na busca por um espaço no time em que cresceu e que gostaria de ter maior regularidade de jogo.

Debuta muito jovem na Roma, mostrando imediatamente bons números e serviço. Dotado de boa técnica e visão apurada de jogo, mas sobretudo muita frieza na zona de ataque o que se torna uma de suas melhores armas para finalizar com precisão a gol suas próprias jogadas pessoais e desta forma torna-se logo uma grande promessa. Tanto que muitos ficam na expectativa da sua próxima explosão.

A função que exerce recita claramente seu valor em fase de finalização: 18 gols em 55 jogos disputados com a camisa giallorossa, feito que ecoa, entre outros, sua familiaridade e intimidade com o emprego. Possuía de fato um chute tão poderoso que queimava as mãos dos goleiros. Em um derby (Roma 2-0 Lazio 1931/32) marcou um gol que o goleiro nem se mexeu.

No verão de 1934, com a chegada de Guaita e Scopelli seu espaço fica muito reduzido e a sociedade decidiu então cede-lo a Pistoiese para disputar a Série B. Mesmo se ainda muito jovem, sua transferência sela o final de sua carreira que parecia ter valor apenas com a camisa giallorossa. De fato Eusebio não tem o mesmo brilho e acaba ficando no anonimato.

Nasceu em Rimini, mas veio para a capital quando ainda estava nas fraudas e romano se considerava de coração, tanto é que mesmo depois encerrou sua carreira no Mater da capital, na cidade eterna viveu até o última dia de sua vida 15 de fevereiro de 1997.

@zamacwb

55   presenças
17   gols
 

EUSEBIO

B I O S
  • Fernando Eusebio


    Nascimento: 23/08/1910
    Cidade : Rimini

    Função: Atacante

    Estréia : 31/03/1929
    Roma 4-0 Novara

    Temporadas Pres Gols
    1928/29 2 -
    1929/30 5 3
    1930/31 4 2
    1932/32 10 1
    1932/33 18 8
    1933/34 11 3
    1934/35 5 -
    Total 55 17

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM