Domenico D'Alberto

Domenico iniciou sua carreira de jogador no Maglód, time que leva o mesmo nome da cidade húngara nos anos vinte. Devida suas origens italianas, conseguiu uma ponte com o Cagliari, e em 1931 se transferiu para a ilha da Sardenha onde ficou por cinco temporadas disputando a Série B, colecionando 108 jogos e marcando 31 gols.

Em 1935 a Roma fecha acordo com o Cagliari, depois de ter observado o desempenho do ala esquerda húngaro. Inicialmente a ideia era utiliza-lo como turn over de Guaita, mas com a fulga do argentino e seus compatriotas Scopelli e Stagnaro de volta para o país de origem, desconfiados que com a cidadania italiana seriam convocados para a guerra com a Etiópia em curso, Domenico veste a camisa de titular do time do técnico Luigi Barbesino.

D'Alberto não é um ponta de oficio, falta potência e preparo fisico adequado para isto, e ainda quem sabe uma pitada de coragem, para poder desenvolver a função, mas aos poucos se adequa as exigências de Barbesino, dando uma discreta contribuição ao lado de Di Benedetti, para o ataque romanista que não ontem o titulo de campeão italiano por muito pouco, um ponto para ser mais exato.

Na segunda temporada tem mais desenvoltura. Joga com maior continuidade e consegue contribuir também com mais gols para equipe que continua acreditando no titulo, mas peca em achar que o elenco iria milagrosamente ter o mesmo desempenho do ano anterior o que resulta em uma temporada amarga e muito abaixo das expectativas.

Um jornal citou o húngaro assim:

"Uma proeza de D'Alberto pesa em favor dos giallorossi em uma partida pobre de técnica"

Entre outros, durante uma partida com o Milan, D'Alberto é expulso após ter agredido a socos o companheiro Serantoni, sinal dos nervos acirrados dentro dos vestiários e dos resultados que não vinham nos gramados.

Depois do fato, o húngaro não tem mais ambiente para continuar na Roma e o clube resolve cede-lo ao Lucchese em 1937. Joga mais uma temporada acumulando apenas seis partidas e marcando um gol. Após término da temporada decide por pendurar as chuteiras definitivamente.

Teve três participações e um gol pela Copa Itália. Na Copa da Europa Central foi a campo quatro vezes e marcou um gol também.

@zamacwb

44   presenças
10   gols
 

D'ALBERTO

B I O S
  • Domenico D'Alberto


    Nascimento: 01/02/1907
    Cidade : Budapeste
    Altura: 165cm
    Peso: 63kg

    Função: Centro Avante

    Estréia : 22/09/1935
    Napoli 1-2 Roma

    Temporada  Pres Gols
    1935/36 16 4
    1936/37 28 6
    Total 44 10

    info@portaleromanista.org

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM